sábado, 19 de julho de 2014

Livro Enlace, da escritora adolescente Ana Luísa, está na sua 2ª edição


Ao se propor a ler o livro Enlace, da escritora Ana Luísa, deve-se levar em conta, tratar-se de uma obra escrita por uma adolescente de 16 anos de idade, na época da sua concepção – hoje, com 18, o livro já está na sua 2ª edição. Nem por isto a impediu de escrever um texto abrangente, com várias situações difíceis de serem digeridas e encaradas de frente sem medo. Sobretudo, decifrando a insensatez do destino, procurando respostas no baú das incertezas. 

A partir desse princípio, torna-se perceptível o grau de maturidade da autora. A garota escreve e pensa como gente grande e graúda quando nos referimos à literatura conceitual, onde as personagens têm objetivos concretos e metas a serem conquistadas.

Até pouco tempo atrás, meninas com sua idade, brincavam de ser adultas e, até mesmo, sonhavam ser A Gata Borralheira (Cinderela) no seu baile de debutante, onde provavelmente encontraria o seu príncipe exultante e o mais disputado entre as demais, pelos seus encantos de beleza e virilidade física. Acontece que, com Ana Luísa, para nossa sorte, ela foi seduzida pela literatura, permitindo que tomássemos conhecimento, do que, uma garota, ainda em fase de autoconhecimento, fosse capaz de desenvolver raciocínio denso, cheio de interpretações irracionais para uma jovem de sua idade.

Outro fato curioso no livro, é que toda trama se desenvolve praticamente em Paris, envolvendo duas amigas inseparáveis em busca dos mesmos ideais: serem reconhecidas como bailarinas de sucesso. O primeiro desafio para elas foi o de morar sozinhas numa cidade cosmopolita, cheia de vícios, virtudes e sonhos como Paris. Segundo ter que enfrentar os seus dragões e pesadelos pessoais com coragem. Sem se submeterem a qualquer intimidação, foram capazes de encarar situações incomuns, tanto no aspecto moral e profissional, como sentimental.

Alvos de uma plateia acostumada com a desonra, lutas, conflitos e vitórias. Expostas em plena arena do Coliseu das suas particularidades e orfandade familiar. Formaram um conjunto harmonioso de sobrevivência, superando obstáculos, domando leões e cuspindo fogo, num circo de horrores. Içaram as velas da determinação, removendo dos seus caminhos as desigualdades naturais, capazes de dobrar a ampulheta do tempo, sem desviar do caminho que o levariam à felicidade.   

Sua obra, segundo Ana Luísa, foi inspirada nos textos de Stephenie Meyer autora da saga Crepúsculo e, com um leve toque do romantismo envolvente, encontrado nas criações de Nicholas Sparks. Porém, no seu caso, existem identidade e digitais próprias. Características expressivas, que não deixam dúvidas, quanto suas qualidades de uma escritora predestinada a se tornar, quem sabe em breve, uma colecionadora de Best Sellers. Notabilizando a pequena cidade onde nasceu e vive até hoje, São Luís de Montes Belos, interior do estado de Goiás, Brasil, numa signa literária gostosa de admirar.

Outro detalhe, sua obra tem cultivado a admiração e a simpatia de todos aqueles que a leram. Edificada em uma narrativa rica em detalhes, fracionada em vários subtítulos ilustrados com citações literárias, quando não da própria autora, de escritores consagrados como, Khalil Gibran, Silvia Schmidt, Stephenie Meyer, René Descartes, William Shakespeare, Saint-Exupéry, Clarice Lispector, Gonçalves Dias, Bíblicos, dentre outros. Os parágrafos e os períodos são curtos, que facilitam a leitura e o entendimento, além do uso coerente de analogias e metáforas. Enfim, uma criação merecedora dos aplausos alcançados.

Bússola Literária ouviu com exclusividade a escritora Ana Luísa, num papo muitíssimo agradável em um café da cidade. Na ocasião estava acompanhada do seu pai, Elio Graciano, professor de linguística na Faculdade Montes Belos (FMB) – admirador fervoroso da autora –, quando contou várias curiosidades que envolveram o processo criativo e a inspiração para o desenvolvimento do seu conteúdo. Sua entrevista é uma revelação que merece ser lida com atenção, analisando todos os quesitos justificáveis de sua virtuosidade juvenil.


BL – Quem é Ana a personagem? Seria a própria imagem refletida da autora?


Ana Luísa – Ana é uma moça italiana que transfere todas às suas expectativas em seus sonhos, porém na hora de vivê-los se fecha, cria uma barreira, ocasionados pela sua personalidade insegura e sensível. Ana Rossetti tem muito de mim. É como estar respondendo perguntas sobre meu livro. Queria e quero muito isso para o Enlace, mas tenho simplesmente medo de executar meus planos de vida.

BL – Você disse que o seu livro foi inspirado na obra de Stephenie Meyer, Crepúsculo. De que forma flui esta correlação?

Ana Luísa – Bella, narradora-personagem de Crepúsculo, tem muitas características refletidas em Ana Rossetti. A insegurança, a espontaneidade de dizer o que está sentindo, apenas com um olhar ou gesto, a fragilidade, as dúvidas com os sentimentos, o impulso, o amor dividido num triângulo amoroso, tornam esse conjunto de situações, naquilo que sinto e que me identifico com a história. Isso está presente na estrutura psicológica e emocional do livro. Quem sabe, nas pequenas interações abstratas da narrativa. Também acontece com Enlace, casualmente na sua estética, no que se refere a divisão do livro em três partes, como a do livro Amanhecer. Ressaltando a riqueza de detalhes, títulos de cada capítulo. Acredito que, por isto, há muitas características de Crepúsculo neste meu livro.

BL – Na história Ana, tenta demonstrar ser uma garota forte e resoluta. Enquanto na verdade é frágil e dependente. O quê você quis demonstrar com essa dualidade de comportamento?

Ana Luísa – Todos nós somos frágeis e dependentes quando estamos numa situação de escolha, de frente com o desconhecido, mas o que muda a circunstância é a atitude diante disso. Se eu me transpareço forte, ousada e corajosa, um dia serei realmente isso. É o que acontece com Ana ao longo do enredo.

BL – Ana é de origem italiana, nasceu em Milão e se aventura a viver na “Cidade Luz e do amor”, em busca de aprimorar sua arte de dançarina, por quê?

Ana Luísa – Por questão de identidade. Ana, por ter alma de artista, se identifica com cidades que são tradicionalmente voltadas para a cultura.

BL – Ao ler o livro percebe-se que tanto Ana, quanto Rodrigo, omitem recordações do passado de ambos, não acredita que faltou esse ingrediente que mostrasse ao leitor suas heranças genéticas e culturais?

Ana Luísa – A omissão é intencional. Há na história pistas, janelas, possibilidades de um novo enredo. Por exemplo, a paixão pelos jardins que possuem formas vindas de outra época. Sejam relíquias herdadas a partir dos avós de Ana ou até, de sua descendência italiana.

BL – De onde vem o apoio financeiro de Ana para se manter numa cidade cosmopolita como Paris, se locomovendo, utilizando praticamente como meio de transporte o táxis e sem impedimentos para viver como se pertencesse uma classe social acima da média?

Ana Luísa – Poderia ter vindo essa condição financeira de sua família. No entanto, o que tem explícito é que Ana se encontrava no auge de sua profissão. Já havia adquirido seu enriquecimento, além da companhia ajudar com o financeiro, em troca de ser uma dançarina famosa e obedecer aos critérios e as formas que eles ditavam na dança.

BL – O livro faz referência a três cidades importantes no contexto cultural. Milão a cidade natal, moderna, bem estruturada economicamente e de um passado histórico relevante; Paris cidade que inspirou grandes escritores e onde tudo acontece nas artes. E por fim, Verona, também referência da literatura clássica/renascentista e símbolo para uma das mais importantes obras de Shakespeare, Romeu e Julieta? O que te levou a preferir tais cidades, sendo que, a ambientação da história poderia transcorrer em lugares sem tanto brilho? Existe uma razão ou é apenas um simbolismo conjuntural?

Ana Luísa  São cidades que sou apaixonada e tenho muita vontade de conhecê-las. A estrutura, a história e a cultura dessas cidades, formam um conjunto extraordinário. Há grandes artistas e autores, vindos da Europa que fizeram presença na minha infância, nas encantadoras histórias de príncipes e princesas, na luta contra o mal. 

BL – Está com outro livro em mente?

Ana Luísa – Mais ou menos. Depende da aprovação da obra, da aceitação dos leitores, propostas novas de publicações, projetos de filme do livro. Todos os dias eu tenho milhões de histórias burilando na mente. Escrever pra mim não é uma barreira.

BL – Este outro livro seguirá a mesma temática?

Ana Luísa – Tenho muita vontade de aprofundar em experiências de ordem mais espiritual, revelando intimidade com Deus, caráter do Nosso Grande Pai, pegando até histórias da bíblia e romanceando-as. Aproximar mais o leitor do amor incondicional. Mas ainda não me sinto pronta para começar. Isso requer muito estudo e muito cuidado. Não é um tema de tanta aceitação, no entanto, tudo depende de como colocamos no papel.


Nota: Para contato e adquirir o livro Enlace. Você deve procurar através do telefone celular (64)9968-8164 com o professor Elio Graciano ou pelo número (64)9221-3707. Também pode solicitar sua aquisição por meio do e-mail: eliograciano@hotmail.com. O valor da obra é de R$ 25,00, fora a postagem, no caso de interessados que não residem em São Luís de Montes Belos-GO, Brasil. 


A propósito, você já acessou a fan page do meu livro infantil Juju Descobrindo Outro Mundo? Não imagina o que está perdendo. Acesse: www.fecebook.com/jujudescobrindooutromundo.


E o site da Juju Descobrindo Outro Mundo, já o acessou? Se eu fosse você iria conferir imediatamente. Acesse: www.admiraveljuju.com.br 



Imagens: da autora

32 comentários:

Anônimo disse...

É muito gratificante poder ver "minha flor" se desabrochar para a vida de sucesso! Desejo a você, filha, que receba todas as bençãos vindas do nosso Pai e que você continue sempre essa menina cheia de sonhos, mas que sempre luta para que esse sonho se realize. Lembro-me do dia que você escreveu seu primeiro livrinho: "O Patinho de Deus" assim que você se alfabetizou,você queria a todo custo que eu fosse contigo ao Pastor de nossa igreja para divulgar seu livro? Seja sempre assim, filha, guerreira,determinada e disposta a realizar os propósitos que Deus tem em sua vida. Eu te abençoo imensamente! (Maria Aparecida da Silva - mãe da autora)

Dilson Paiva disse...

Olá Maria Aparecida, posso imaginar o orgulho que tem pela jovem escritora Ana Luísa. Sem dúvida o seu trabalho é muito bom. Obrigado por nos visitar e deixar o seu amável comentário. Sei que sua filha ficará feliz, quando se deparar com sua significativa dedicatória. Continue nos visitando sempre que puder. Abraço fraterno

Anônimo disse...

Aninha, nossa, muito feliz por ver seu sucesso, que Deus possa estar te abencoando cada dia mais nessa sua jornada, e parabens pelo livro, nossa , fantastico, perfeito, sensivel, eu amei, tudo de bom, beeeijos. De sua amiga, Lara Lise.

Nayguel Andrade disse...

Realmente é incrível como a primeira obra de uma autora com 16 anos pôde ser tão profunda e detalhada. Ao me propor ao ler seu livro esperava um livro de romance como qualquer outro, mas me deparei com uma história envolvente, que abrange uma infinidade de escolhas e atitudes e que certamente levarei para toda minha vida.
Apesar de ter se inspirado na obra de Stephenie Meyer, atrevo-me a dizer que conseguiu criar uma personagem mais viva e uma história melhor que os vampiros vegetarianos.
No ano passado tive o prazer de conhecer Ana Luísa, e espero que tenha mais obras por vir.
Parabéns Ana pelo talento e ao blog Bussola Literária pela entrevista.

Anônimo disse...



Caro Dilson, novamente é uma honra estar aqui em sua, e nossa Bússola Literária, para mais do que simplesmente ver, desfrutar das riquezas do olhar em cada nova publicação sua. Enlace, de Ana Luísa, entra em questão. Parabéns pela riqueza das palavras, pelo singular movimento lúdico de belíssimas metáforas, pelo estilo próprio e profundamente crítico que você demonstrou ao ler mais essa obra literária. Meu rigor de crítico literário vai acima de motivações pessoais. Ana Luísa é minha menina dos olhos, é minha filha amada. Isso, porém, obriga-me mais intensamente à impessoalidade, quando me refira aos escritos da mais jovem escritora de nossa cidade. Enlace é uma obra instigante, cumpre bem o papel de provocador de inúmeras viagens ao mundo da ficção junto aos apaixonados pela leitura. Daí para frente, encarar obras de maior apreço pela crítica é só um pulinho. Seu texto, Dilson, é um descanso. Você nos leva à transcendência da estética com imagens muito inusitadas e até surreais, como “dragões e pesadelos pessoais”, “conjunto harmonioso de sobrevivência”, “domando leões e cuspindo fogo, num circo de horrores”, “içaram as velas da determinação”, enfim, uma linguagem altamente refinada e poética. Trata-se de uma linguagem que mais parece anúncio e arremate das razões invisíveis que perfazem o “eu” de cada um, filtrado nas páginas desse romance de Ana Luísa. Obrigado Dilson, obrigado São Luís de Montes Belos por ter um jornalista de tamanha maturidade e relevância intelectual. Que Deus nos ilumine e possa permitir que Ana Luísa realmente seja uma “colecionadora de best Sellers”. Um abraço e até a próxima! Élio Graciano,professor de linguagem da FMB e pai da autora.

Dilson Paiva disse...

Valeu Elio Graciano, quando se referiu ao Bússola Literária, como nosso. De fato, BL não possui domínio exclusivo, é meu, é nosso, é da humanidade, é daqueles que curtem uma boa leitura e preferem aproveitar o seu tempo, às vezes mínimo, para viajar pelo infinito do conhecimento. Obrigado talentoso professor pela sua visita e o amável comentário. Seja sempre um hóspede bem vindo às nossas páginas. Abraço fraterno.

Dilson Paiva disse...

Olá Nayguel Andrade, estamos todos felizes com o sucesso de Enlace e o belo trabalho literário de sua jovem autora Ana Luísa. Deus não é seletivo, mas convenhamos, com Ana Luísa, Ele pincelou sua sensibilidade criativa abençoando-a a cumprir sua missão de nos brindar com textos que elevam nossos conhecimentos e nos permita refletir sobre os desafios que teremos de superá-los, por nossa máxima conta . Obrigado admirável Nayguel Andrade pela visita e o seu gentil comentário. Esperamos vê-la mais vezes nos visitando. Abraço de admiração.

Anônimo disse...

Pra mim foi um prazer ter conhecido Ana Luísa. E que o livro dela venha ser de alta importância para seus leitores. Ainda não tenho o livro mais espero tê-lo em mãos logo logo...
Lorena Leite

Juloren disse...

Nossa! Que lindo ler as Nuances do Bússola Literária.
Me apaixonei por Ana Luiza, linda e encantadora.
Com certeza essa garota vai longe, com seus Enlaces escritos,
em harmoniosos crepúsculos dançantes, para o deleite de quem a ler. Desejo muito sucesso na vida.
Gostosa entrevista tudo dentro dos conformes.
Parabéns mais uma vez querido Dilson, por colocar nessa estante
todo o encanto desse fascínio.
Juloren

Anônimo disse...

Oh Lara Lise!!! Obrigada!!! *-* Que Deus possa estar abençoado a todos nós! Muitos beijos, amiga. Ana Luísa, autora do Enlace.

Dilson Paiva disse...

Lara Lisa, até parece nome de atriz hollywoodiana, ou seria, dos belos textos de Drummond de Andrade? Deixa pra lá, o importante é que, por meio do seu gracioso comentário, soube transmitir alegria e orgulho pela amiga. Isto não é só um reconhecimento é, sobretudo, um incentivo para que a jovem escritora Ana Luísa, continue nos premiando com receitas saborosas e suculentas, que venham alimentar o nosso autoconhecimento, transmitindo-nos exemplos de grandeza humana. Obrigado pela visita e não deixe de retornar, sua presença será sempre notada e agradecida. Abraço carinhoso.

Dilson Paiva disse...

Olá Lorena Alves, obrigado pela visita e o seu gentil comentário. Não tem ideia do que está perdendo, não ter lido o livro Enlace. Se eu fosse você procuraria imediatamente adquiri-lo. Depois nos conta suas impressões, combinado? Abraço de boas vindas...

Anônimo disse...

Dilson Paiva, que entrevista linda! Que palavras escritas com todo cuidado e significado! Amei as imagens surreais! Veio em mente as estórias da minha infância... Não sei como descrever o que sinto! Estou muito feliz e honrada pelo seu trabalho. O Enlace desde o começo vem trazendo muitas alegrias e vemos nítido o quanto Deus vem transformando minha vida. Só tenho que agradecer pelo seu entusiasmo com a entrevista, por ter sido paciente comigo e ter dado valor que o Enlace merece! Que venha a coleção de Best-sellers, dentro dá vontade do Nosso Senhor Jesus. Ana Luísa, autora do Enlace.

Dilson Paiva disse...

Obrigado Juloren. Mais uma vez, você nos honra com sua simpática visita e o seu atencioso comentário. Obrigado amiga, continue sempre assim, gentil e super amável. Nós a admiramos orgulhosos. Abraço de gratidão...

Anônimo disse...

Essa menina tem muito potencial, revela um futuro magnífico pela frente, espero que continue a publicar obras, pois estou realmente apaixonada pela historia e sonhos que se mostram atravez do livro. Parabéns a jovem escritora!
Marina Soares

Dilson Paiva disse...

Obrigado pela visita Marina Soares. Acredito que todos nós que lemos o livro Enlace, de Ana Luísa, concordamos com o seu pertinente comentário. No entanto, quanto ao futuro, só vai depender da autora a continuidade do seu trabalho. Estaremos torcendo para que a galinha dos ovos de ouro não interrompa sua produção e, continue nos dando o prazer de suas construções literárias. Abraço atencioso

Lara Cristhy disse...

Conheci a escritora Ana Luísa faz pouco tempo e me encantei com sua personalidade. Já possuía uma enorme vontade de conhecer sua obra e depois de conhecê-la essa vontade aumentou. Conheço algumas pessoas que não possuíam o amor pela leitura, mas que após ler o livro "Enlace" descobriram como este mundo literário é fabuloso. Somente um ótimo livro para fazer isso...
Parabéns Ana Luísa e muito sucesso em seu caminho.

Dilson Paiva disse...

Valeu Lara Cristhy, obrigado pela visita e o seu gentil comentário. É verdade, o livro da escritora Ana Luísa, além de gostoso de se ler, também é motivacional. Esperamos que dessa semente, frutos saudáveis e bonitos, nos alimente com sabedoria e o prazer da leitura. Abraço fraterno.

Anônimo disse...

Primeiro quero parabenizar a Ana Luísa pelo sucesso de seu livro "Enlace" e ao Blog Bússola Literária pela belíssima entrevista.Li o livro e achei muito emocionante a história de Ana e seu triâgulo amoroso,muito envolvente comecei a ler e não conseguia mais parar.
Ana Luísa, parabéns pelo seu livro que Deus te abençoe cada vez mais, continue sendo esta menina linda, talentosa e dedicada. Beijos
Luciane R. Costa Ferreira

Anônimo disse...

Parabéns Ana Luisa pelo livro e parabéns ao Blog Bússola Literária por dar oportunidade a ela nesse começo .
sinceramente quando comecei a ler o livro achei que não iria gostar , mais fui lendo e lendo e gostei muito, cada detalhe , cada momento , romance , sentimento , paixões foi me motivando mais a ler o livro , e quero ler de novo pois cada letra , cada palavra tinha um toque que te deixava mais curiosa no que iria acontecer . esse livro mereci sucesso assim como a autora. Ana sua linda você mereci ta! parabéns de novo e sucesso por que você sim mereci, seu livro traz um romance que me deixou emocionada e espero ler mais livros seus . esse seu potencial deve ser reconhecido por todos.
Ass: PATRÍCIA .

Anônimo disse...

Maninha, tenho orgulho de saber o quanto o seu sucesso está cada vez maior! De saber que a cada dia você ta ficando mais próxima de realizar todos os seus sonhos! Valeu a pena você se esforçar tanto e se dedicar nesse livro com tanto carinho! Te amo muito e torço pra que você continue encontrando suas vitórias na vida! Que Deus continue te abençoando e te trazendo toda felicidade que desejo a você! Continue sendo essa pessoa maravilhosa e amiga que você é! Bjokas :)(Júlia Gabriela Domingos Graciano - irmã da autora)

Dilson Paiva disse...

Valeu Patrícia, obrigado pela sua simpática visita e o seu motivador comentário. A Ana Luísa e o seu Enlace, foram merecedores, por isto estão presentes no Bússola Literária, que prima pela qualidade de sua publicações. Esperamos contar mais vezes com sua honrada presença, nos permitindo te proporcionar momentos deslumbrantes pelo prazer de uma boa leitura. Abraço cordial.

Dilson Paiva disse...

Pois é, Júlia Gabriela, nós também estamos orgulhosos da personalidade forte da escritora Ana Luísa e o seu talento como edificadora de sonhos e histórias que envolvem. Que nos faz refletir sobre os acasos da nossa efêmera existência. Obrigado pela visita e pelo seu carinhoso comentário. Volte sempre que te der vontade de se esbaldar com uma boa leitura, ok? Abraço de admiração.

Anônimo disse...

Faz pouco tempo que conheci a Ana Luisa e desde já me encantei com seu jeito de ser. Nós identificamos primeiramente pelo mesmo nome, mas aprendi a gostar de verdade da minha Xará... Parabéns pelo sucesso, tenho certeza que Deus está te guiando para os melhores caminhos, amei o livro e espero que venham outros... Tudo de melhor pra você, beijoos. Ass: Ana Luiza

Dilson Paiva disse...

Olá Ana Luiza, obrigado pela visita ao Bússola Literária. Seu comentário foi muito importante, pela mensagem e pelo carinho demonstrado. É saudável quando sentimos que alguém nos considera de forma verdadeira amigo. O sentido real de amizade é compartilhamento, é presença, é dedicar momentos para serem vividos em harmonia, é aceitar as diferenças, mesmo que isto faça doer na alma. Este sentimento, embora muito manifestado nas rodas de amigos, muitas vezes, não o são de fato símbolo de querer bem, sem interesse de barganha. Lembra do Principezinho e a raposa no campo de trigo? No livro Saint-Exupéry, a raposa foi a primeira a entender que entre ela e o Principezinho, não poderia haver amizade, pela diferença existente entre ambos. No entanto, a própria raposa, demonstrando desejo de ter um amigo, coisa que não conhecia, pelo fato de ser uma espécie que gostava de galinhas e por isto, era perseguida pelos humanos, apresentou uma alternativa, que consolidasse o espírito de amizade. O que é ela propôs? Primeiro você precisa me cativar, disse a raposa ao Pequeno Príncipe. Cativar... Notou como é linda e mágica esta palavra, tanto no sentido morfológico, quando no sentido de amor? Pense sobre isto, tá? Abraço de admiração.

Anônimo disse...

Ana Luísa, gostei de seu livro Enlace pela riqueza da descrição, linda, envolvente; mesmo sem conhecer pessoalmente os cenários você leva o leitor em lugares encantadores. E as frases de outros autores conceituados, citadas no início de cada capítulo, leva-nos a romper as barreiras do imaginário. Suas qualidades são muitas e notáveis desde criança, agora, ainda tão jovem surge esse dom. Essa obra mostra que você está pronta para seguir em frente. Que Deus continue te abençoando muito. Beijos. Carmem.

Dilson Paiva disse...


Olá Carmem, realmente Ana Luísa é muito criteriosa. Ela tem muita facilidade para descrever detalhes ambientais e geográficos, de fisionomia, de preocupação, de resignação e, sobretudo, de criar conteúdo farto de informações, inclusive, noções de clínica média. Ela é esplêndida na arte de escrever, porque escreve com o coração. Mesmo nos momentos mais angustiantes, nota-se no seu raciocínio, um fator que consideramos essencial na vida de todos nós: acreditar. Acreditar que possamos sem medo, sermos felizes e tornar outras pessoas também felizes. Obrigado amiga Carmem, pela sua simpática visita e o seu gentil comentário. Estaremos ansiosos pelo seu retorno ao Bússola Literária, vasculhando todo o seu interior, em busca de bons textos que traduzam sua alegria de estar em sintonia com o saber se informando. Abraço terno.

Anônimo disse...

Vejo na Ana Luisa a trajetória que todos os grandes escritores consagrados passaram. A obra Enlace é apaixonante, deixando um gostinho de quero mais. Conseguimos notar o nítido amadurecimento da autora no decorrer da obra. Parabéns por mais um lançamento, e que esse seja o começo de uma carreira brilhante. Abraço! Guilherme Teixeira.

Dilson Paiva disse...

Valeu Guilherme Teixeira, nós também concordamos com você. O talento de Ana Luísa é evidente na sua obra Enlace. Obrigado pela visita e o seu pertinente comentário. Esperamos contar mais vezes com sua amável visita. Abraço fraterno.

Anônimo disse...

nossa!! muito obrigado Dilson . foi uma honra .e espero voltar aqui sempre que eu puder , deixando um comentário . beijos e abraços
Ass : PATRÍCIA

Anônimo disse...

Anaa que orgulho de você!!!
Parabéns pelo seu livro, pelas entrevistas, depoimentos... Enfim por tudo que conquistou até aqui! Quando volto no tempo, agradeço a Deus por ter me colocado no Piaget e então ter conhecidos pessoas maravilhosas como você. Quando cheguei lá pela primeira vez, você era a única que já estava na sala (tão cedo rs). E foi assim que te conheci. Uma garota meiga, delicada, inteligente (a que tirava as melhores notas), esforçada, AMIGA!
E quem diria... aquelas boas redações se tornaram um excelente livro! Adorei esse blog e como descreveu o seu livro aqui. Ana nunca vou esquecer de todas as vezes que me ajudou e quero que saiba que sempre pode contar comigo!!!
Que Jesus te abençoe sempre, e faça de você uma virtuosa e cheia de sucesso!
Te admiro muito amiga <3
Damares

Dilson Paiva disse...

Olá Damares, o Bússola Literária também está feliz de ter o trabalho revelador da jovem escritora Ana Luísa, nos anais de sua história. Obrigado pela visita, esperamos contar com sua presença mais vezes, vasculhando e folheando nossas páginas para se sorver de uma boa leitura. Abraço fraterno.